1935

Fundação da companhia em São Paulo por Francisco Lopes.

1940s

Lançamento do primeiro logotipo da companhia. Nesta década, um dos primeiros lançamentos de edifícios em forma de condomínio foi intermediado pela Lopes.

1950s

Fomos uma das empresas pioneiras na utilização de divulgação de empreendimentos imobiliários por meio de propagandas em televisão.

1960s

Iniciamos parcerias de longo prazo com a Gomes de Almeida Fernandez (atual Gafisa).

1970s

Inovamos e desenvolvemos novas ferramentas de intermediação, como: os showrooms, catálogos especializados e apresentação dos empreendimentos através de maquetes.


Criamos o novo logotipo em
forma de coração.

1980s

Atuamos de forma expressiva na expansão dos polos comerciais mais importantes da cidade, como: Avenida Paulista, Avenida Brigadeiro Faria Lima, Marginal Pinheiros e Eng. Luís Carlos Berrini, participando, principalmente, na intermediação de unidades antes da construção dos empreendimentos.

Iniciamos a intermediação de flats, empreendimentos residenciais com infraestrutura de serviços e duplex.

1990s

Conquistamos o primeiro “Prêmio Top Imobiliário” criado pela EMBRAESP como a Maior Corretora Imobiliária.

2000s

Realizamos nosso IPO na Bovespa em dezembro de 2006.

Iniciamos nossa expansão geográfica no Brasil no mercado primário, por meio de aquisições e operações greenfield.

No final de 2007 criamos a CrediPronto!, joint venture com o Banco Itaú para a promoção de financiamentos imobiliários. A LPS Brasil detém 50% de participação na JV.

Nesta década, triplicamos de tamanho, reforçando nossa posição de liderança no mercado de intermediação imobiliária nacional.

2010s

Em 2010 realizamos nosso follow-on na BM&FBOVESPA e captamos R$ 207 milhões. Os recursos foram utilizados para financiar a expansão de nossos negócios por meio de aquisições.

Intensificamos nossa estratégia de aquisições no mercado de imóveis usados (mercado secundário). Realizamos 13 aquisições nos principais mercados do Brasil, e estamos presentes em 9 Estados e no Distrito Federal.

Atualmente, somos líderes no mercado secundário no Brasil, sendo que 25% das nossas intermediações são representadas por este segmento.